Quarta-feira, 14 de Julho de 2010

Entre muitas outras coisas, a equipa de Quality Assurance do SAPO realiza testes com utilizadores.

 

Realizam-se sessões com todo o tipo de utilizador: com conhecimento técnico, sem conhecimento técnico, habituado a usar a plataforma/serviço em questão, sem qualquer experiência com a mesma, com dificuldades motoras, visuais, outras ou com nenhuma dificuldade de relevo, etc.

 

Há também vários tipos de testes que são realizados.

 

Há testes de exploração cognitiva, em que um utilizador tenta realizar tarefas que lhe são apresentadas e seguidamente responde a várias questões sobre a dificuldade das mesmas. No foto abaixo, a mira na qual o iPhone está centrado servia para o utilizador manter o terminal dentro do foco da máquina de filmar:

 

Testes cognitivos ao SAPO Cinema para iPhone

 

No caso da web, menos conhecidos talvez serão os testes realizados com equipamento de Eye Tracking.

 

No SAPO, temos equipamento que não obriga à utilização de capacetes ou outro material intrusivo, captando sozinho a direcção do olhar do utilizador.

 

Tobii

 

O resultado são coisas como Heatmaps:

 

Heatmap de uma página

 

E caminhos percorridos com o olhar:

 

Caminho percorrido pelo olhar

 

A parte mais difícil, contudo, consiste na interpretação destes dados e nas decisões que se lhes seguem.

 

Com estes testes a equipa fica com uma muito melhor percepção de vários aspectos: se determinadas tarefas são exequíveis por aquele grupo de utilizadores, se algumas das preocupações que a equipa tinha são deveras realistas, etc.


A equipa de QA do SAPO tem um blog sobre User Experience aqui.



publicado por jac às 10:00
link do post | comentar | adicionar aos favoritos |

Quinta-feira, 11 de Março de 2010

O Verbatim é um dos projectos nascidos num SAPO Lab.

Este projecto deverá agora receber alguma força e dinamização extra.

Com esta ideia em mente o Jorge Teixeira - um dos elementos que criou o projecto - veio passar uma semana em Lisboa, nas instalações do SAPO (mas deixámo-lo sempre sair para comer e dormir).

A semana começou com uma reunião de apresentação do projecto, por dentro e por fora.

Na sala, uma dúzia de pessoas com as mais variadas skills, incluindo as tecnologias e plataformas SAPO empregues no projecto e não só: Perl, JavaScript, MySQL, Usabilidade, Acessibilidade, Segurança, SAPO Broker, LibSAPO.js, etc.

Após esta sessão foram marcadas cinco outras reuniões com diferentes elementos desta task force.

 


Reunião 1: Perl e MySQL

Quatro pessoas numa sala com um único intuito: analisar o código do projecto (ou parte deste) para o conseguir optimizar.

Foram apontadas coisas simples como a diferença entre usar CGI ou FastCGI, foi feito benchmarking ao código para encontrar os bottlenecks, foram optimizadas queries de SQL (e inclusivé foi reduzido o número destas numa grande escala), etc.

O Jorge saiu da reunião com já algumas alterações no projecto e uma folha cheia de notas que ele teria que implementar mais tarde.

Reunião 2: JavaScript e Segurança

Quando a reunião começou a equipa de JavaScript já tinha realizado alguns testes à plataforma, pelo que já levavam uma lista de sugestões.

Havia código que podia ser optimizado e foram ainda apresentadas algumas soluções como o ySlow para análise do restante.

Também foram apresentadas algumas falhas de segurança que o site possuía; as mesmas foram explicadas em detalhe, bem como as medidas a tomar para as fechar.

No final da reunião havia mais uma folha com notas nas mãos do Jorge.

Reunião 3: Usabilidade e Acessibilidade

A equipa de QA do SAPO realizou uma avaliação heurística ao Verbatim e nesta reunião apresentou ao Jorge os resultados da mesma.

Saíram desta reunião uma série de sugestões e recomendações para tornar o serviço mais apelativo, usável e acessível.

Mais uma reunião, mais uma folha.

Reunião 4: Arquitectura e Serviços

Aqui foram analisadas a arquitectura actual e as possibilidades futuras da mesma.

Foi explorada em detalhe a interacção com o SAPO Broker e revistas algumas boas práticas de utilização do mesmo que poderão ajudar o projecto.

Foi analisado o que seria necessário para implementar determinadas funcionalidades que estão previstas (extracção de dados semânticos, etc).

Houve também uma discussão sobre LSP (léxico semântico do português) e no final o Jorge tinha agora quatro listas de coisas a fazer e a analisar.

Reunião 5: Web Services

Neste reunião foram abordadas as tecnologias base usadas para publicar diversos tipos de dados do Verbatim como um serviço.

Foram realçados vários aspectos importantes como a disponibilização dos dados a outros serviços e plataformas, tentando assim começar a tornar transversais a todo o SAPO alguns Web Services.

Avaliação final

No final desta semana perguntamos ao Jorge que avaliação fazia desta semana:

"A avaliação final que eu faço a esta semana de trabalho no SAPO é simplesmente excelente! Excelente por dois motivos, por um lado vim para o Porto com uma enorme lista de melhorias a implementar (é sempre bom saber que um projecto ainda tem muito por onde evoluir) e por outro por ter conhecido uma equipa de gente conhecedora e disposta a partilhar os conhecimentos e ajuda.

[…]

Para terminar, algumas das sugestões com que vim do Sapo já foram implementadas, e as melhorias foram muito boas. Só a nível de tempos de acesso, conseguimos uma diminuição da ordem dos 50% em relação aos valores anteriores."

 



publicado por jac às 10:00
link do post | comentar | ver comentários (2) | adicionar aos favoritos |

Segunda-feira, 4 de Janeiro de 2010

2009 foi, como todos são, um ano em cheio no SAPO.

 

Lançámos imensos sites e portais: SAPO Ambiente, SAPO SMS, SAPO Kids, SAPO Casamentos, Procuro emprego, SAPO Jogos, SAPO Livros, Sites SAPO, SAPO Desporto, SAPO Web Messenger, Arquivo da Lusa no SAPO Fotos.

 

Relançámos sites e serviços como o SAPO Ajuda, o SAPO TV, o SAPO Emprego e o Login SAPO, que inclusivé passou a suportar o Cartão de Cidadão.

 

Adicionámos imensas novas funcionalidades a plataformas já existentes: o SAPO Spot recebeu novos widgets e microblogging, o SAPO Messenger recebeu o Fala comigo e foi integrado no SAPO Mail, o SAPO Mapas passou a ter itinerários com transportes públicos e visitas virtuais, etc.

 

Realizámos grandes operações de restruturação a serviços como o SAPO Fotos e o SAPO Mapas.

 

Redesenhámos a presença do SAPO no Meo.

 

Lançámos novos conteúdos em versão Mobile: o Auto SAPO, o SAPO Mapas, o Casa SAPO, o Manchetes do SAPO, entre outros.

 

Colocámos no ar novos sites de apoio ao cliente, para dar suporte aos utilizadores, para os educar em termos de segurança, para obter feedback que nos ajude a melhorar.

 

Lançámos uma nova versão da homepage.

 

Lançámos o Pond.

 

Lançámos o Puny URL.

 

Lançámos o SAPO Widgets.

 

A equipa das Mobile Applications expandiu o seu portfólio de aplicações para smartphones, que agora inclui a Banca SAPO, o Cine SAPO, o TMN Pond e o Kiosk, disponíveis para uma série de plataformas, incluíndo Android, Nokia WRT e iPhone.

 

Nos Labs do SAPO lançámos o SAPO Campus, o Tendências e o Verbatim.

 

Recrutámos mais de 40 pessoas só para a área técnica (a equipa tem agora mais de 150 pessoas).

 

Realizámos uma dezena de SAPO Sessions e outras tantas acções de formação, algumas das quais com lugares abertos para o público em geral.

 

Tivemos nas nossas instalações uma série de pessoas com as quais partilhamos imenso: Anne van Kesteren (HTML 5), Brian LeRoux (PhoneGap), Rasmus Lerdorf (criador do PHP), Jan Lehnardt (CouchDB), Janet Read (HCI com crianças), Larry Wall (criador do Perl), etc.

 

Escrevemos. No Developers, no OpenID no SAPO, no Identity, no Segurança online, no LibSAPO.js, no User eXperience.

 

Melhorámos vários dos nossos processos, quer pela adição de sangue novo à equipa (que nos traz sempre novas ideias) quer pelo esforço de organização interna que culmina em coisas como as guidelines internas de usabilidade e acessibilidade.

 

Organizámos novamente o Summerbits e o Codebits.

 

Estivemos presentes em mais de uma dezena de conferências.

 

Reforçámos a nossa presença em Angola, Moçambique e Cabo Verde.

 

E muito, muito mais.

 

Foi um ano de trabalho árduo mas compensador.

 

Para 2010, que começa agora, já há grandes planos.

 

Ao trabalho.



publicado por jac às 10:11
link do post | comentar | ver comentários (3) | adicionar aos favoritos |

Sexta-feira, 29 de Maio de 2009

O SAPO deu ontem início às sessões internas de Qualidade para 2009, levadas a cabo pelo departamento de QA.

A primeira fase destas sessões passa por quatro semanas com apresentações internas relativas ao documento interno "Guidelines de Usabilidade para Designers e Developers".

A apresentação de hoje, realizada pelo Ivo Gomes, cobriu os capítulos do documento relativos a planeamento, user experience, acessibilidade, software, homepage e páginas interiores.

Foram apresentados problemas, soluções e metodologias a usar a uma plateia de cerca de 100 pessoas.

Apesar de serem gravadas para referência futura, estas são apresentações para consumo interno do SAPO.

 

Ainda assim, divulgamos um outro vídeo, o  da apresentação de contextualização destas sessões.

 

 

Os slides da apresentação de ontem estão disponíveis a partir do blog UX.


Após esta primeira fase relativa a Usabilidade será a vez de outros tópicos como segurança e escalabilidade.



publicado por jac às 17:42
link do post | comentar | adicionar aos favoritos |

Quarta-feira, 20 de Maio de 2009

O Wikicare lançou uma nova iniciativa: as Wiki Sessions.

Nestas sessões, um expert de uma determinada área responde a questões dos utilizadores em tempo real.

Hoje é a vez de um convidado das SAPO Sessions, o Ivo Gomes.

O Ivo responderá hoje, entre as 15h e as 17h, às questões que o público quiser colocar relacionadas com a sua apresentação Acessibilidade na Web.

Aproveitem.



publicado por jac às 10:00
link do post | comentar | adicionar aos favoritos |

Quinta-feira, 19 de Março de 2009

Esta semana divulgamos o material da apresentação das SAPO Sessions: Acessibilidade na Web, por Ivo Gomes.

Antes de mais, relembramos o abstract desta apresentação: "Níveis de acessibilidade, boas práticas, testes e processos manuais e automáticos de verificação."

O Ivo começa por cobrir as bases teóricas da Acessibilidade Web e explicar que níveis de acessibilidade existem e o que significam e envolvem; de seguida, o Ivo avança para os erros comuns e apresenta casos práticos com sites conhecidos. Seguem-se formas simples de tornar os sites acessíveis, ferramentas úteis para validar várias partes do site e muita mais informação.

Entre os pontos altos da apresentação encontra-se claramente a homepage do SAPO vista por diferentes tipos de daltónicos.

Os slides da apresentação:

 

 

O vídeo da apresentação:

 

 

(para ver em full screen, ver em SAPO Vídeos)

O Ivo integra a equipa de QA do SAPO, onde é responsável pela área de Usabilidade.



publicado por jac às 10:00
link do post | comentar | ver comentários (2) | adicionar aos favoritos |

Quarta-feira, 4 de Março de 2009

Teve hoje início o ciclo de 2009 das SAPO Sessions.

 

 

Na primeira e na terceira Quarta-feira de cada mês o SAPO organiza um destes eventos, que consiste numa manhã com várias apresentações dentro de um mesmo tema.

 

Para esta primeira edição o tema foi Web Development e contamos com as seguintes apresentações:

 

"CSS para quem nunca criou um de raíz. Sintaxe básica e não tão básica, receitas úteis, vantagens, limitações e boas práticas."

"Níveis de acessibilidade, boas práticas, testes e processos manuais e automáticos de verificação."

"Recap, best practices e forgotten tags. Consolidação de conhecimentos de HTML, HTML vs. XHTML e mais algumas coisas que ainda não sabiam."

 

Todas estas apresentações foram straight-to-the-point, de acordo com o que era pretendido para o evento. O objectivo é sempre que todas as pessoas possam sair destas sessões preparadas a colocar coisas novas em prática. Não há lugar nas SAPO Sessions para apresentações teóricas e monótonas.

 

Apesar de haver vontade do SAPO em abrir estes eventos para fora, a adesão interna foi tão elevada (80 inscrições quase imediatas, o equivalente à lotação da sala) que nesta edição tal não nos foi possível. Esperamos poder abrir ao público em geral as próximas edições.

 

 

Brevemente iremos também dar início à publicação do material destas apresentações aqui mesmo, neste blog.



publicado por jac às 18:44
link do post | comentar | ver comentários (6) | adicionar aos favoritos |


Autores
pesquisar
 
Janeiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31



follow saposessions at http://twitter.com
posts recentes

Testes com utilizadores

O Verbatim veio ao SAPO

2009 no SAPO

Sessões internas de Quali...

Wiki Sessions: Acessibili...

Acessibilidade na Web

SAPO Sessions

arquivos

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

tags

todas as tags

últ. comentários
Boas, Apesar deste post já ser um pouco antigo gos...
Por sinal já foi desenvolvido e encontra-se neste ...
A informação que faltava está agora aqui: http://d...
A informação já está aqui: http://developers.blogs...
Boas,Onde é que isto vai ser? Há algum critério pa...
blogs SAPO
subscrever feeds